Fotografia Expandida

O conceito de fotografia expandida, (ou fotografia experimental, manipulada, criativa, híbrida, precária, entre outras denominações) está centrada na experiencia do fazer e nos procedimentos utilizados pelo artista. Para fotógrafo que a produz, é fundamental conhecer todo o procedimento que dá luz a fotografia e, justamente por isso, não se prendem as possibilidades oferecidas pela câmera fotográfica tradicional.

As experiências alternativas nos possibilitam entender a magia do processo fotográfico para além de seu modo mecânico de operação. É quando além de debruçar seu olhar sobre o mundo, o fotógrafo se torna potencialmente um alquimista. Na fotografia expandida o processo criativo está bem além do momento do click, pois toda imagem a ser produzida estará suscetível de sofrer transformações antes, durante e depois da sua revelação.

Como define o pesquisador Rubens Fernandes Jr., “A fotografia expandida é uma possibilidade de expressão que foge da homogeneidade visual repetida a exaustão. Uma espécie de resistência e libertação. De resistência, por utilizar os mais diferentes procedimentos que possam garantir um fazer e uma experiência artística diferente dos automatismos generalizados; de libertação, porque seus diferentes procedimentos, quando articulados criativamente, apontam para um inesgotável repertório de combinações que a torna ainda mais ameaçadora diante do vulnerável mundo das imagens técnicas.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s